1. This product was added to our catalog on Tuesday 13 September, 2005.

    Basil

    Our Price:  2.45EUR

    Manjericão
    Manjericão

    Nome científico: Ocimum basilicum

    Nome comum: Manjericão

    Nomes populares: Manjericão, Basílico, Manjerico, Manjericão de Folha-Larga, Alfavaca

    Família: Lamiaceae

    Origem: Médio Oriente até ao Irão

    História: O Manjerico é a planta mais popular das festas de S. João, no Porto e de S. António em Lisboa. É uma importante erva aromática, sendo considerada sagrada pelos indianos e considerada uma erva dos namorados pelos romanos. Os italianos do sul, conservam a tradição dos antigos romanos, segundo a qual, oferecer um vaso com Manjericão a uma rapariga equivale a pedi-la em casamento. Devido à forma de suas folhas, (coração), era considerado símbolo do amor, na Itália, e do luto, na Grécia.
    Há 4 mil anos, os hindus, percussores na cultura do manjericão, a exportaram para o Egipto. No século passado, o manjericão era usado pelos sapateiros para atenuar o cheiro do couro.

    Descrição: Planta herbácea, muito aromática, o Manjericão ou Basílico é uma perene que pode atingir uma altura até 45 cm, com folhas verdes e pequenas, estriadas e pontiagudas, de cor verde. O caule é pequeno, anguloso, muito ramoficado de cor verde claro. As flores de Manjerico são pequenas, cheirosas que vão do branco ao púrpura e formam grandes cachos terminais no fim do Verão. Floresce no Verão.

    Sementeira: Em viveiro entre Janeiro e Março ou no local definitivo na Primavera.

    Transplantação: O Basílico transplanta-se de Março a Maio

    Luz: O Manjericão ou Basílico prefere Sol e localizações à Meia Sombra

    Solos: Húmidos, argilosos, bem drenados e férteis.

    Temperatura: Temperados a temperados-quentes. O Manjerico é muito sensível à geada.

    Rega: Com frequência embora não tolere o encharcamento.

    Adubação: 10:10:10

    Pragas e doenças: Caracois, podridão.

    Multiplicação: O Manjericão propaga-se por semente.

    Colheita: Antes do início da floração. As folhas frescas do Manjerico ou Basílico podem ser colhidas de Junho a Setembro.

    Conservação: Pode ser conservado fresco ou seco, mas recomenda-se usar suas folhas enquanto novas, pois estas perdem o seu aroma depois de secas.

    Fresco: Pique as folhas de Manjericão e coloque-as num recipiente fechado, com azeite.

    Seco: Em recipiente fechado protegido da luminosidade e humidade.

    Aplicações medicinais :

    Partes utilizadas: Folhas e extremidades floridas.

    Propriedades: Aromática, aromatizante, digestivo, dispepsia nervosa, diurética, emenagoga , estimulante, estomacal, galactógena, hidratante, relaxante, sudorífera.

    Componentes : Cálcio, vitamina A e B2.

    Indicações : Aftas, bronquite, tratamentos capilares, caímbras, espasmos, febre, feridas, furúnculos, dores de garganta, gases, gripe, problemas de pele, mau hálito, picadas de insectos, reumatismo, rins, tosses, asia, dores de cabeça em consequência de alimentação pesada ou inadequada. Facilita o funcionamento dos intestinos, é diurético. Ajuda, junto com a Malva e a sálvia nas infecções de boca.

    Outros usos :

    Uso caseiro : Semear Manjericão ou Basílico em pequenos vasos e colocá-los na cozinha num local onde apanhe luz do sol. Os vasos colocados nos parapeitos das janelas afastam as moscas.

    Uso culinário : O Manjericão ou Basílico é muito usado nas cozinhas italiana e francesa, para dar sabor ao tomate, com o qual tem uma extraordinária afinidade. É também misturado em saladas, pizzas e massas e em diversos molhos, sendo o mais popular o pesto italiano.

    Receitas :

    Tempura de Manjericão

    Escolha raminhos tenros de Manjericão ou Basílico, com flores. Lave-os e seque-os delicadamente. Faça uma massa de crepe com 2 ovos, 1 chávena de farinha, 1 de leite e 1 pitada de sal, todos esses ingredientes batidos no liquidificador. Molhe os raminhos de manjericão nessa massa, e frite em óleo bem quente. Sirva na hora.

    Macarrão ao Pesto

    Limpe 100 g de alho e frite-o cortado em fatias finas com azeite. Deixe arrefecer. Acrescente duas chávenas de manjericão limpo e bem picadinho, nozes picadas e sal a gosto. Coloque mais azeite se gostar e ponha sobre o macarrão. Sirva com bastante queijo ralado. Coloque-o sempre por último nos alimentos cozidos para que ele não perca os princípios ativos.

    Cosmética: Os seus óleos são usados para fabrico de sabonetes, pasta de dentes, colírio e perfumes. Outras industrias utilizam o Manjericão ou Basílico para fabricar insecticidas.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas



    Clique para Imprimir


    Reviews