1. This product was added to our catalog on Tuesday 06 September, 2005.

    Bean "Foicinha Anão" (100g.)

    Our Price:  2.45EUR

    Feijão Foicinha Anão

    Nome Científico: Phaseolus vulgaris L.

    Nome Comum: Feijão.

    Nomes Populares: Feijão.

    Família: Fabaceae.

    Origem/História: O Feijão é uma planta originária da America Central, onde é cultivada desde há 8000 anos juntamente com o milho e a abóbora, culturas que estiveram na base da agricultura meso-americana. A sua domesticação e posterior selecção levaram ao aparecimento de genótipos de feijão com ramificação reduzida, maior número de flores e vagens e sementes maiores. O feijão foi introduzido pelos espanhóis, após a descoberta da América em 1492, em Sevilha, sendo depois disseminado pela Europa e pelos restantes países do Velho Mundo. Actualmente os principais produtores mundiais de feijões são a China, os E.UA e a Turquia, enquanto a Espanha, França e Itália são os maiores produtores europeus.

    Descrição: Os Feijões são plantas herbáceas, anuais, com morfologia variável, consoante as cultivares. O sistema radicular do feijão é aprumado e superficial e possui nódulos nas raízes laterais devido á simbiose com o rizóbio (Rhizobium - Bactéria fixadora do Azoto Atmosférico). As cultivares de feijão podem ser classificadas em quatro grupos consoante os hábitos de crescimento, sendo designados por feijão de tipo I os de crescimento rasteiro, de tipo II os de crescimento indeterminado rasteiro, tipo III os de crescimento indeterminado ramificado e de tipo IV os de crescimento indeterminado de trepar. O feijoeiro possui folhas compostas, pecioladas e trifoliadas. As flores de feijoeiro são perfeitas, possuem um cálice com cinco sépalas e uma corola de cinco pétalas. O fruto do feijoeiro é uma vagem com características variáveis consoante as cultivares.

    Sementeira: Em geral, as sementes de Feijões cultivam-se em local definitivo desde o início da Primavera até meados do Verão. Em Portugal e em todo o Hemisfério Norte nos meses de Março, Abril, Maio, Junho e Julho.

    Crescimento: Rápido.

    Luz: Importante parâmetro climático que influência a fisiologia da cultura do feijão. É uma espécie exigente em irradiância fotossinteticamente activa.

    Temperatura: Cultura mesotérmica. A temperatura óptima para o desenvolvimento vegetativo do feijão situa-se entre os 20-25 Cº.

    Solos: Prefere solos de texturas ligeiras a medianas, bem drenados, leves, ricos e com valores de pH entre os 6,0 e os 6,5. O feijão é uma planta muito sensível à salinidade do solo e da água de rega.

    Resistência: Sensível á geada.

    Rega: O Feijoeiro é uma planta sensível à seca e ao encharcamento. É uma espécie exigente em água. O excesso de água na fase da sementeira atrasa a germinação do feijão e a emergência e favorece o ataque de fungos. O período da floração e do vingamento das vagens é aquele em que a planta tem maiores necessidades de água.

    Adubação: Aplicar adubo de cobertura rico em azoto, fósforo e potássio, de forma fraccionada, mas principalmente na fase de início da floração. Aplicar também magnésio em fundo (50%) e em cobertura (50%).

    Principais Pragas e Doenças: Ácaros, afídeos, alfinete, broca do milho, gorgulho, lagarta de fruto, lagartas das folhas, larvas mineiras, mosca das sementes, mosca branca, piral do feijão, tripes, nematodes, alternária, antracnose, doença do pé, ferrugem, fusariose, oídio, podridão branca e cinzenta, rizoctónia.

    Multiplicação: Semente.

    Colheita e Pós-Colheita: No caso do feijão verde, este deve ser colhido quando as vagens estão perto de atingirem o comprimento máximo mas antes que as sementes se desenvolvem significativamente. Colher de forma escalonada. As vagens devem-se apresentar túrgidas, tenras, isentas de saliencias provocadas pelas sementes, limpas e sem sinais de doenças. Devem ser conservadas no frio a temperaturas entre os 3-7 Cº. O feijão para consumo do grão, deve ser colhido quando atinge a maturação completa. Os grãos devem ser bem secos, limpos, livre de pragas e doenças e devem ser conservados em locais secos e ventilados ou em recipientes limpos e livres de humidade.

    Utilização: O feijão verde pode ser utilizado e processado de várias formas, como em enlatados, enlatados pré-cozinhados ou em fresco. É utilizado em saladas, sopas, cozidos e assados, como acompanhamento de pratos de carne e peixe. O feijão em grão é muito utilizado na cozinha de vários países, principalmente no Brasil. Pode ser consumido de várias formas, em vários pratos e sopas. O feijão é rico em vitaminas do complexo B, proteínas, ácido fólico e fibra.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas Hortícolas e de Outros Frutos e Legumes ou Hortaliças.


    Reviews
Categories