1. This product was added to our catalog on Tuesday 06 September, 2005.

    Broccoli "Calabrais"

    Our Price:  1.89EUR

    Couve Bróculo Verde

    Nome Científico: Brassica oleracea L. var. italica.

    Sinónimos: B. Oleracea var. botrytis f. Cymosa.

    Nome Comum: Couve Bróculo.

    Nomes Populares: Couve Bróculo, Bróculos.

    Família: Brassicaceae.

    Origem: Mediterrâneo Oriental.

    História: Surgiram na região do Mediterrãneo Oriental, provavelmente antes da couve-flor, tendo uma dispersão mais lenta para as regiões exteriores da região de origem. Tornaram-se populares fora de Itália na segunda metade do séc. XX, nos E.U.A. e posteriormente nos restantes países europeus.

    Descrição: Planta herbácea, bienal tal como as restantes brássicas. Após vernalização, o meristema apical do caule diferencia-se numa inflorescência, de cor verde e mais desenvolvida do que a da couve-flor. A inflorescência da Couve Brócolo é constituída por pequenos botões florais imaturos, sendo esta a parte comestível. O seu sistema radicular é superficial, o caule é curto e grosso, de cor verde escuro. As folhas são estreitas, com pecíolo normalmente achatado.

    Sementeira: No local definitivo entre entre Maio e Julho ou em estufa ou estufim entre Março e Abril.

    Transplantação: Entre Abril e Agosto.

    Luz: Boa luminosidade.

    Solos: Ricos em matéria orgânica, textura ligeira, com boa capacidade de retenção de água. Cultura moderadamente sensível à salinidade e sensível à acidez.

    Resistência: Cultura de estação fresca, tolerante á geada e a temperaturas extremas.

    Temperatura: Prefere temperaturas médias entre os 13 Cº e os 20 Cº.

    Rega: Exigente em água.

    Adubação: Cultura exigente em fertilidade do solo, no entanto deve-se evitar o excesso de azoto. Exigente em potássio e enxofre, sendo sensível às carências de Boro e Magnésio.

    Pragas e Doenças: Afídeos, alfinete, áltica, falsa potra, lagartas, mosca da couve, mosca branca da couve, nóctuas, traça da couve, tripes, nemátodes, míldio das crucíferas, pé negro, alternariose, podridão cinzenta, ferrugem branca, potra.

    Multiplicação: Semente

    Colheita: As inflorescências de Brócolos colhem-se quando atingem o tamanho máximo e ainda se apresentam compactas. Deve-se cortar o caule que suporta a inflorescência a uns 15, 25 cm dependendo do tamanho da cabeça.

    Conservação: Conservar no frio a temperaturas entre os 4 a 10 Cº.

    Utilização: Muito utilizados em sopas, saladas, em pratos de carne ou peixe, podendo ser comercializados em fresco ou congelados. Têm um elevado teor de vitaminas A e C e fibra. Constituído também por alguns glucosinolatos que lhe conferem um poder anticancerígeno.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas Hortícolas e de Outros Frutos e Vegetais

    Reviews

Customers who bought this product also purchased

Categories