1. This product was added to our catalog on Tuesday 06 September, 2005.

    Cineraria Mixed

    Our Price:  2.45EUR

    Cinerarias
    Cineraria sp.

    Cineraria

    Nome Científico: Cineraria sp.

    Nome Comum: Cineraria

    Nomes Populares: Cineraria, Senécio.

    Família: Asteraceae.

    Origem: Ilhas Canárias, África.

    Descrição: Planta herbácea, vivaz, cultivada como anual ou bianual, de porte erecto, compacto e arredondado, com cerca de 15-40 cm de altura. As folhas de Cinerária ou Senécio são basais, brilhantes, cordiformes, com margens levemente dentadas, de cor verde claro, pubescentes e com nervuras de cor mais pálida. Têm um tamanho de 10-15 cm. As flores Cineraria ou Senécio são agrupadas no cimo da folhagem, formando um tufo de cores vivas, desde o azul, vermelho, rosa, branco, violeta, com o centro de cor contrastante, podendo ser bicolores. Esta espécie também é muito utilizada como planta de interior. Após a floração deve ser trocada ou eliminada, pois é dificil conseguir que volte a florir.

    Sementeira: Semear as sementes de Cineraria ou Senécio em local definitivo na Primavera/Verão, quando o solo estiver quente, isto é, a uma temperatura adequada para a germinação. Em estufa ou estufim na Primavera ou final do Verão. Temperatura óptima para germinação de 18-20 Cº.

    Temperatura/Humidade: No interiror, manter uma temperatura amena, não muito quente, com boa circulação de ar e humidade elevada, pulverizando o ar em volta da planta sem molhar muito as suas folhas e flores.

    Crescimento: Rápido

    Transplantação: Quando oportuno. Espaçamento de cerca de 30 cm.

    Luz: Meia-sombra. A Cinerária prefere luz indirecta. No interior colocar as plantas em janelas, varandins ou varandas, com boa exposição á luz indirecta.

    Solos: Bem drenados, húmidos.

    Resistência: Não resiste ao frio. Não tolera calor excessivo. Proteger das correntes de ar e das mudanças de temperatura e humidade.

    Rega: Frequente. Manter solo um pouco húmido mas não regar em excesso. Nas plantas de interior colocar o vaso sobre um prato com água para a planta a absorver, evitando assim molhar as folhas.

    Adubação: Caso necessário, adubar de preferência com fertilizante líquido, equilibrado, na altura da floração. Não fertilizar em excesso.

    Floração: Fim de Inverno e Primavera.

    Pragas e Doenças: Afídeos, mosca branca, botrytis, podridão radicular.

    Multiplicação: Semente.

    Utilização: Canteiros, bordaduras, maciços, vasos.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas



    Reviews