1. This product was added to our catalog on Friday 09 November, 2007.

    Roseira "Virgo" - Out a Mar - Planta com +- 5 ramos com 30 cm

    Our Price:  5.22EUR

     

    Roseira "VIRGO"

     

    Disponibilidade: Sujeito a Encomenda e Pré-Pagamento
    Disponível na respectiva época de plantação. (Ver abaixo).
    Receba em casa, confortavelmente, durante a época de plantação

    Quando encomendado fora da época de plantação ou após final do Stock, este produto será enviado no início da época de plantação seguinte.

    Nome científico: Rosa spp.

    Nome comum: Rosa.

    Nomes populares: Rosa, Roseira.

    Família: Rosaceae.

    Rosa sp. "VIRGO"

    Cor: Branca

    Roseira de Flor Grande

    Roseira pronta a plantar, com raiz e terraço, acondicionada em embalagem especial (Saco/Blister).
    Com Instruções de Plantação.

    Origem: A Roseira é uma espécie originária do continente asiático, mais concretamente da China onde foi efectuado o cruzamento entre as espécies Rosa gigantea e Rosa chinensis, no séc. XVIII.

    Os primeiros híbridos de roseira tiverem origem em 1867 e a produção para flor cortada de rosa começou no séc. XIX.

      Roseira  

    Descrição: As roseiras são das plantas mais conhecidas e cultivadas em todo o mundo. A rosa ou roseira é uma das plantas mais trabalhadas ao longo dos tempos, tendo sofrido inúmeras hibridações e selecções com o objectivo de se criarem novas variedades, existindo cerca de 30.000 cultivares, surgindo todos os dias novos cruzamentos e melhoramentos.

    As rosas podem ser classificadas como silvestres, contemporâneas de jardim ou antigas de jardim. Podem ser de porte arbustivo, trepadeiras, de corte, de flores agrupadas, miniaturas, de flores grandes, poliantas, de pé alto, etc.

    A roseira é um arbusto perene, de crescimento erecto, normalmente, com 1,50 metros a 2,00 metros de altura. A maioria possui espinhos, denominados acúleos. As folhas são compostas, de forma oval, dentadas ou lisas e de coloração verde médio a verde-escuro.

    A flor de rosa é muito apreciada pela sua beleza e aroma surgindo nas extremidades dos ramos, cujos tamanhos podem ser grandes, médios ou pequenos, de diversas cores, tonalidades e formas, desde vermelhas, brancas, amarelas e rosas e com perfumes mais ou menos acentuados.

    Plantação: As roseiras plantam-se durante os meses de Outono até início da Primavera.

    Conselhos de Plantação

      Roseira  

    Antes de tirar o plástico que envolve as raízes, fazer uma cova de 40 x 40 cm.
    Numa terra de cultivo, humosa e com boa drenagem (se se tratar de terreno argiloso, misturar um pouco de areia).

    Cortar as hastes a uma altura cerca de 15 cm, acima do enxerto.

    Introduzir a planta de forma a não dobrar as raízes, cobrindo-as com a terra preparada pisando-a em redor para evitar as bolhas de ar. O ponto do enxerto devera ficar enterrado a uns 2 cm de profundidade.

    Depois de plantadas regar abundantemente (12 a 15 litros de agua), para que a terra fique perfeitamente aconchegada as raízes.

    Peso aproximado: 950 gramas

    Crescimento: As roseiras são plantas de crescimento rápido.

    Transplantação: A melhor altura para proceder ao transplante de roseiras é durante o fim de Inverno ou Início da Primavera.

    Luz: Prefere locais com boa luminosidade. Evitar falta ou excesso de luz.

    Temperatura: Cultura mesotérmica. As rosas preferem temperaturas amenas.

    Solos: A roseira necessita de solos bem drenados, com boa estrutura, férteis, com elevado teor em matéria orgânica e baixo teor em calcário activo.
    O pH ideal para o cultivo de rosas é de 6,0-7,0

    Resistência: As rosas são normalmente plantas rústicas (Dependendo das variedades).

    Rega: Regular, sem excessos. Evitar o encharcamento do solo onde se cultivem roseiras.

    Floração: As roseiras dão rosas desde a Primavera até Outono.

    Poda: Em termos gerais, a época da poda da roseira será na Primavera. No entanto, se for uma zona muito fria, é aconselhável também podar no Outono, para que elas não sofram danos fortes durante o Inverno. A primeira poda deverá ser feita um ano após ter sido plantada.

    Pragas e doenças: Nemátodos, afídeos, ácaros, cochonilha, tripés, podridão, tumor do colo,

    Multiplicação: Semente, estacas ou por enxertia de garfo ou de borbulha.

    Utilização: Canteiros, bordaduras, vedações, latadas, sebes, jardins rústicos e para corte.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Simbolismo associado às cores das Rosas:

    - Rosas Vermelhas simbolizam paixão ou amor por alguém. Também podem querer demonstrar respeito ou adoração.

    - Rosas Vermelhas com Rosas Amarelas significam felicidade.

    - Bouquet de rosas com várias cores, predominando as de cor vermelha é símbolo de amor, paixão e felicidade.

    - Rosas Brancas significam inocência, pureza e paz. Reverência ou segredo são outros significados atribuídos.

    - Ramo de Rosas Vermelhas com Rosas Brancas exprime harmonia e unidade.

    - Rosas Cor-de-rosa pretendem mostrar gratidão, agradecimento. Muitas vezes e em muitas culturas são expressão do feminino.

    - Rosas Amarelas são símbolo de amor por alguém que está a morrer ou de um amor platónico, idealizado.

    - Rosas de cor Champanhe querem demonstrar admiração ou simpatia.

    - Rosas Coloridas em tons claros servem para expressar amizade e solidariedade.

    Outras Roseiras

    Reviews