1. This product was added to our catalog on Tuesday 06 September, 2005.

    Stock Mixed-INDISPONÍVEL

    Our Price:  2.45EUR

    Stock - Goivos - Goiveiros
    Matthiola incana

    Goivos

    Nome Científico: Matthiola incana.

    Nome Comum: Goivos.

    Nomes Populares: Matióla, Goivos, Goiveiros, Goiveiro-da-rocha, Goiveiro-encarnado.

    Família: Brassicaceae.

    Origem: Mediterrâneo, Ásia, África do Sul.

    Descrição: O Goivo é uma planta herbácea, vivaz, cultivada como anual, com caules erectos e um pouco tortos, de base lenhosa com cerca de 30-60 cm de altura. A folhagem é densa, sendo as folhas estreitas, lineares a lanceoladas e de cor verde acinzentado. As flores são agrupadas em hastes terminais, possuem 4 pétalas e podem ser de cor purpúra, rosa, vermelho ou branco, com cerca de 3-4 cm de diâmetro, dobradas ou singelas. O fruto é uma silícua. O Goivo ou Goiveiro é uma planta muito aromática, libertando um agradável perfume, algumas delas durante a noite.

    Sementeira: No local definitivo na Primavera ou no Outono. Pode ser semeada em estufa ou estufim no Inverno, transplantando as planta na Primavera para o exterior. Germinação entre 7-14 dias a 18-21ºC.

    Crescimento: Os Goivos ou Goiveiros têm um crescimento Rápido

    Transplantação: Primavera. Espaçamento entre 15-20 cm. Plantar de preferência em lugares abrigados e soalheiros.

    Luz: Sol ou meia-sombra.

    Solos: Neutros a alcalinos, húmidos, com boa drenagem.

    Resistência: Rústica, resistente ao frio.

    Rega: Regular. O Goivo tolera a seca. São muito sensíveis ao excesso de água, logo não regar em demasia pois pode provocar podridão dos caules e raízes.

    Adubação: Aplicar um pouco de adubo para plantas de flor a cada 3-4 semanas sem ser em excesso pois pode provocar o escurecimento das folhas. A falta de nutrientes no solo pode provocar amarelecimento e a queda das folhas inferiores.

    Floração: Primavera/Verão.

    Poda: Cortar as flores velhas de Goivo para prolongar a floração.

    Pragas e Doenças: Pulgões, lagarta mineira, larva da borboleta Plutella maculipennis, Oídeo, Míldeo, Botrytis cinerea, fungos como o Albugo candida e o Plasmodiophora brassicae que ataca as raízes.

    Multiplicação: Semente

    Utilização: Canteiros, bordaduras, pequenos maciços, taludes, vasos, floreiras.

    Outros Usos: As flores de Goivo ou Goiveiro são comestíveis, podendo ser utilizadas em saladas ou em sobremesas.
    As semente têm características afrodisíacas, diuréticas, estimulantes, expectorantes, tónicas, e são usadas em infusão.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas


    Clique para Imprimir


    Reviews