1. This product was added to our catalog on Tuesday 13 September, 2005.

    Thyme

    Our Price:  2.45EUR

    Tomilho
    Tomilho

    Nome científico: Thymus vulgaris L.

    Nome comum: Tomilho

    Nomes populares: Tomilho, Timo, Poejo.

    Família: Lamiacea

    Origem: Mediterrâneo

    Habitat: Hortas e jardins, beiras dos caminhos

    História: Os romanos começaram a utilizar esta planta na água dos banhos para adquirirem coragem para as batalhas. Utilizavam-na também como especiaria aromática para dar sabor aos queijos. Os egípcios conheciam as suas propiadades anti-sépticas e utilizavam-no também para embalsamar as múmias, pois actualmente é sabido que esta planta tem como componentes principais o timol e o carvacrol, que são dois anti-sépticos muito poderosos. O nome thymus deriva da palavra grega Thymon que significa fumigação, dado que o tomilho era utilizado para fumigar os templos.

    Descrição: O Tomilho é uma planta perene, subarbustiva de pequeno porte, com ramos lenhificados na base. Possui folhas perenes, pequenas, de forma linear a elíptica e de cor normalmente verde-acinzentada. Produzem cachos de flores pequenas, de corola branca ou rosada e são muito apreciadas pelas abelhas.. O caule é erecto, de secção quadrangular. Possui raiz fibrosa, acizentada e lenhosa. As sementes são de cor parda, arredondadas e muito pequenas. O Tomilho ou Poejo floresce em Junho.

    Sementeira: Primavera (deve ser feita em viveiro)

    Transplantação: Quando as plantas atingem os 6 a 10 cm de altura.

    Luz: Sol

    Solos: O Tomilho ou Poejo prefere solos muito permeáveis, de textura média a grosseira ou mesmo pedregosos. Não se adapta bem a solos argilosos ou demasiados húmidos. Pouco tolerantes á acidez.

    Temperatura: Prefere locais temperados a temperado-quentes e secos. No entanto são resistentes ás geadas.

    Rega: Regar os Tomilhos apenas quando o solo estiver bem seco.

    Adubação: 8:6:12

    Poda: Podar estacas herbáceas para as utilizar para propagação

    Pragas e doenças: Os principais inimigos da cultura de Tomilho são os problemas radiculares relacionados com solos mal drenados ou com nemátodes.

    Multiplicação: Semente e estacas

    Colheita: No início da floração, se a utilização for destinada á destilação de óleo essencial. Para uso condimentar, colhem-se os rebentos de Tomilho durante toda a estação.

    Conservação: Secar os raminhos embrulhados com um papel e pendura-los de “cabeça para baixo” num local escuro e seco durante aproximadamente 10 dias para secar. Depois devem-se guardar num recipiente hermético e opaco.

    Aplicações medicinais

    Partes utilizadas: Caule, folhas, flores.

    Propriedades /Indicações : Expectorante, sudorípara, antibiótico, reduz o colesterol, evita problemas de indigestão, tratamento da tosse seca e irritadiça, estimulante, afrodisíaco, tratamento da gota e do reumático, reduz a fadiga e tranquilizante.

    Componentes Principais : Timol e carvacrol.

    Receitas medicinais :

    Infusão: 10-30 grs por litro para tomar por via oral ou concentrada; 50-150 grs por litro para utilizar no banho e obter efeitos sedativos.

    Óleo essencial: Em usos internos, nunca ultrapassar a dose de 2grs diários devido á toxicidade do timol. Utiliza-se para enxaguar a boca para o mau hálito, chagas ou inflamações.

    Xarope: Prepara-se com uma colher de tomilho e duas de camomila num litro de água até ficar tudo reduzido a 1/3. Colocar açucar e tomar 3 colheres por dia.

    Outros usos :

    Uso caseiro : Repelente de mosquitos.

    Uso culinário : O Tomilho serve para aromatizar caldos, recheios, sopas, combina bem com pratos de peixe, legumes, carnes, manteigas.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas



    Revisão Técnica: André M. P. Vasconcelos ( Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas

    Clique para Imprimir


    Reviews