1. This product was added to our catalog on Tuesday 06 September, 2005.

    Watermelon "Crimson Sweet"

    Our Price:  2.45EUR

    Melancia Crimson Sweet

    Nome Científico: Citrullus lanatus var. lanatus (Thunb.) Matsum. & Nakai.

    Nome Comum: Melancia.

    Nomes Populares: Melancia.

    Família: Cucurbitaceae.

    Origem/História: Espécie originária das regiões secas de África tendo um centro de diversificação no sul da Ásia. A domesticação da Melancia ocorreu na África Central onde é cultivada á mais de 5000 anos. É também uma espécie cultivada no Egipto e no médio Oriente há mais de 4000 anos. A Melancia foi introduzida na China no séc. X, na América no séc. XVI e na Europa era cultivada desde meados do séc. XIII. A melancia é a cultura Cucurbitácea mais cultivada a nível mundial. O maior produtor mundial é a China e a Espanha é o principal produtor a nível europeu.

    Descrição: Planta herbácea, anual, rasteira, com sistema radicular extenso e profundo. Os caules rastejantes das melancias são angulosos, pubescentes, estriados e com gavinhas ramificadas. As folhas são triangulares e trilobuladas. As flores de melancia são solitárias, pequenas e amareladas e são polinizadas por insectos. O fruto é um pepónio, arredondado ou alongado, de polpa vermelha, suculenta e doce, com alto teor de água (Cerca de 90%) e diâmetro variável. A casca é espessa, verde e lustrosa, com estrias de verde-escuro no sentido do comprimento.

    Sementeira: Semear no local definitivo entre Março e Abril (regiões mais quentes) ou Abril- Maio nas regiões mais frias, ou em estufa ou estufim entre Fevereiro e Abril. Semear a uma profundidade de cerca de 2-4 cm. Semear quando já não hajam riscos de geadas e quando a temperatura do solo se situar acima dos 14-15 Cº. O terreno pode ser armado em camalhões com 2m de largura e 20 a 30 cm de altura.

    Crescimento: Rápido.

    Transplantação: Transplantar com raíz protegida. Compasso de 150-250 cm na entrelinha e 60-90 cm entre plantas.

    Luz: Planta de dia neutro muito exigente em intensidade luminosa, especialmente na altura da floração e vingamento dos frutos.

    Temperatura: Planta megatérmica, requer temperaturas elevadas. As temperaturas óptimas para o seu desenvolvimento situam-se entre os 21- 30 Cº.

    Solos: A Melancia prefere solos ligeiros, férteis, pouco compactos, arejados e ricos em matéria orgânica. Tolera a acidez mas prefere pH de 6,0-7,0.

    Resistência: Espécie sensível ao frio. Temperaturas abaixo dos 10 Cº provocam danos nas plantas. Espécie resistente á seca.

    Rega: Rega Regular para uma boa produção e qualidade, principalmente na fase de desenvolvimento dos frutos.

    Adubação: A cultura de Melancia exigente em azoto e potássio e sensível a carências de magnésio.

    Monda dos Frutos: Retirar os frutos deformados da planta.

    Principais Pragas e Doenças: Ácaros, afídeos, alfinete, larvas mineiras, mosca branca, nóctuas, roscas, tripes, nematodes, alternária, antracnose, cancro gomoso do caule, fusariose, míldio, oídio, pé negro, podridão cinzenta, podridão do colo, verticilose.

    Multiplicação: Semente.

    Colheita e Pós-Colheita: O fruto deve ser colhido maduro, verifivando o seu tamanho e a cor da zona que está em contacto com o solo, que muda de branco para amarelo quando está maduro. A colheita de melancias efectua-se manualmente após 75 a 110 dias de efectuada a sementeira. Os frutos devem ser simétricos, uniformes, de aparência cerosa e brilhante, sem cicatrizes, escaldão ou danos mecânicos. Podem ser conservados a temperaturas entre os 10-15 Cº .

    Utilização: A melancia é normalmente consumida crua, como sobremesa refrescante. É utilizada em certas regiões de África como fonte de água. Esta espécie possui algumas propriedades medicinais. O sumo das sementes é considerado vermífugo e diurético. Ás outras partes são atribuídas propriedades na cura de febres e infecções das vias urinárias. O seu consumo, devido ao elevado teor de água na sua composição, faz bem ao sangue, e em razão disso, deve-se comê-la antes ou no intervalo das refeições e, nunca após, pois atrasa a digestão.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas Hortícolas e de Outros Frutos e Legumes ou Hortaliças.




    Reviews