1. This product was added to our catalog on Tuesday 13 September, 2005.

    Zinnia "Liliputian Doble" - Indisponível

    Our Price:  2.45EUR

    Zinnia - Zinnia - Zinia - Zinnia - Zinias
    Zinnia elegans

    Zinia Liliputiana

    Nome Científico: Zinnia elegans. (Var. Liliputiana)

    Nome Comum: Zinia Liliputiana.

    Nomes Populares: Zinia, Zínia Liliputiana, Flor de papel.

    Família: Asterceae.

    Origem: Mexico.

    Descrição: Planta herbácea, anual, de porte erecto, agrupado, muito ramificada, podendo atingir uma altura de 45-60 cm. O caule é de cor verde escuro, cilíndrico, um pouco pubescente. As folhas são ovais a lanceoladas, opostas, sésseis, caducas, de cor verde escuro e rugosas ou ásperas. As flores de Zínia Liliputiana são vistosas, muito coloridas e abundantes, dobradas, com as pétalas em forma de folhos, com um disco amarelo e preto. Têm cerca de 5 cm de tamanho, são solitárias e suspensas numa longa haste. Apresentam cores muito variadas desde o amarelo, branco, rosa, vermelho, laranja, púrpura, lilás, creme, podendo as pétalas ser listadas e bicolores. As flores das Zínias Liliputianas são atractivas para as borboletas.

    Sementeira: No local definitivo na Primavera ou em estufa ou estufim entre Fevereiro-Abril. Temperatura óptima de germinação de 22 Cº.

    Crescimento: Rápido.

    Transplantação: Entre Março e Julho. Espaçamento de cerca de 30-40 cm. Transplantar com cuidado, danificando o menos possível as raízes, pois é uma planta sensível a esta operação.

    Luz: Sol.

    Solos: Férteis, frescos, bem drenados, profundos, de ácidos a alcalinos. Enriquecer o solo com composto orgânico.

    Resistência: Rústica. Não tolera as geadas.

    Temperatura: Prefere zonas temperadas a quentes, com verões quentes, longos e secos.

    Rega: A Zínia Liliputiana é resistente à seca. Regar a cada 2-3 dias. Não regar em excesso e evitar molhar a folhagem e as flores.

    Adubação: Aplicar um pouco de adubo rico em fósforo no início da floração.

    Floração: Verão.

    Poda: Cortar as flores velhas das Zínias Liliputiana para prolongar a floração. Cortar os rebentos apicais para promover a ramificação e um maior número de flores, caso o objectivo não seja para flor de corte. Para obter flores de maior tamanho, cortar os rebentos laterais para promover o crecimento da haste principal.

    Pragas e Doenças: Aranhiço vermelho, pulgões, nemátodos. Oídio, devido a excesso de humidade provocada por rega excessiva ou devido a zonas húmidas e pouco arejadas. Botrytis cinerea, Fusarium spp, Phyllosticta zinniae.

    Multiplicação: Semente.

    Utilização: Canteiros, bordaduras, maciços, vasos, corte e para secagem das flores.

    Autor: André M. P. Vasconcelos (Engenheiro Agrónomo)

    Outras Sementes de Plantas ou Flores Aromáticas



    Reviews
Categories